KIA Assina Pacto de Mobilidade Sustentável para Cidade de Lisboa

0

A Kia Portugal assinou na manhã de ontem o primeiro Pacto de Mobilidade Empresarial (CMP) com a Cidade de Lisboa, iniciativa do World Business Council for Sustainable Development (WBCSD), BCSD Portugal, Câmara Municipal de Lisboa (CML), e de 56 empresas líderes que assumiram o compromisso de tornar a mobilidade mais sustentável na cidade.

O CMP irá catalisar a liderança empresarial e visa acelerar a transformação da mobilidade urbana para soluções sustentáveis. As entidades signatárias vão adotar um conjunto de medidas que contribuirão para que a cidade de Lisboa tenha um sistema de mobilidade mais seguro, acessível, ecológico e eficiente, conforme os princípios fundamentais da colaboração, do compromisso, da transparência e da segurança.

Para a Kia, “este é um passo lógico ao abrigo da estratégia de descarbonização e de mobilidade sustentável que tem pautado os lançamentos em Portugal e nos restantes países onde a marca se encontra presente”, explica João Seabra, diretor-geral da Kia Portugal, para sublinhar: “a Kia apresenta atualmente uma das gamas ecológicas mais extensas no mercado português, com unidades elétricas, hibridas plug-in e híbridas, o que testemunha os nossos esforços de investimento e a nossa convicção relativamente ao futuro da mobilidade. É esse conhecimento que queremos agora partilhar com a cidade de Lisboa e com as restantes entidades signatárias do pacto”.

Mobilidade Mais Sustentável

O Pacto ontem assinado tem como objetivo contribuir para uma mobilidade mais sustentável em Lisboa, através da promoção de uma oferta e de uma procura de soluções multimodais, em primeiro lugar através da criação de condições para adoção de novos comportamentos e de novas soluções pelos colaboradores e, ainda, através do alargamento destas medidas a fornecedores e clientes.

A iniciativa surge como resposta ao desafio do presidente da CML, Fernando Medina, para quem “a descarbonização se apresenta como o maior desafio da nossa geração”. O autarca sublinha que “necessitamos de reduzir as nossas emissões e tornar todos os tipos de transporte mais sustentáveis. Todos os dias contam e todas as ações são importantes”.

O Pacto de Mobilidade Empresarial em Lisboa define o caminho para o sucesso e necessitamos que outras empresas e outras cidades do mundo utilizem este modelo para a sua própria transformação e para apoiar o crescimento inclusivo e sustentável”, disse Peter Bakker, Presidente e CEO do WBCSD.

Segundo Miguel Gaspar, Vereador da Mobilidade da Câmara Municipal de Lisboa, “a cidade irá fornecer as condições necessárias para garantir que os compromissos serão mensurados e que o diálogo continue”.

Para João Wengorovius Meneses, Secretário Geral do BCSD Portugal, é tempo de agir. O Pacto de Mobilidade Empresarial fornece às empresas colaboração, inovação e metas ambiciosas. Esses são os meios que nos ajudarão a alcançar a nossa visão de cidades sustentáveis. Liderar com a ação, agir com rapidez e foco no impacto levar-nos-á até lá.

São signatárias do Pacto, para além da Kia Portugal, as seguintes entidades: Accenture; Acciona; Adene; ANA – Aeroportos de Portugal; Arcadis; Banco Atlântico Europa; Barraqueiro Transportes; BNP Paribas; Brisa; Caetano Auto; Carris; Circ; Crédito Agrícola; CTT; DECO; Deloitte; DHL Express Portugal; DPD; Eaton; eCooltra; EDF Renewables Portugal; EDP; Efacec; El Corte Inglês; EMEL; Epal; EY; Fujitsu; Fundação Salesianos; Galp; Grupo Ageas Portugal; Hertz; IKEA Portugal; Imprensa Nacional Casa da Moeda; Infraestruturas de Portugal; Logistema; Lojas Francas de Portugal, S.A.; Loyal Advisory; Mercedes-Benz Portugal; Metropolitano de Lisboa E.P.E.; Millennium bcp; Nissan Portugal; PwC; Repsol; Rodoviária de Lisboa; Santander; Schneider Electric; SGS Portugal; Siemens; Siva; Tecnoplano; TIS; TramGrid; Uber e Vodafone. A este grupo poderão juntar-se outras no futuro.

Mazda 3 Eleito ‘Women’s World Car Of the Year 2019’

0

O ‘Women’s World Car Of the Year’ existe desde 2010. Consiste num painel de juradas do sexo feminino, representando mais de 30 países (uma jurada portuguesa), que são convidadas a votar representando critérios utilizados pelas mulheres, na potencial aquisisção de um novo carro.

O Mazda 3, através do design Kodo, encarna a essência da estética japonesa, misturando uma dinâmica viva através de linhas simples e ondulações na carroçaria, que beneficiam do dinamismo das incidências de luz e reflexos na carroçaria. Está disponível nas variantes ‘hatchback’ e ´sedan’, propostas de distintas personalidades que apelam à emoção e elegância.

Fazendo uso da Skyactive-Vehicle Architecture da Mazda, este modelo inclui os mais recentes motores, Skyactiv-X, Skyactiv-G e Skyactiv-D, que potenciam sensações naturais ao volante, transmitidas pela aceleração, viragem e travagem.

Fotos: Oficias/Mazda

Grupo Renault Aposta Em Fibra de Materiais Reciclados Para Novo ZOE

0

O Grupo Renault tem tido entre as suas maiores preocupações uma crescente integração de materiais reciclados nos seus automóveis. Em 2015, iniciou o ‘afiler’ (fiar), um projeto em parceria com as empresas Les Filatures du Parc e Adient Fabrics (fornecedora de bancos para automóveis), para o desenvolvimento e fabrico de um produto têxtil, feito exclusivamente de materiais reciclados.

Com recurso a cintos de segurança, desperdícios têxteis da indústria automóvel e fibras de poliéster resultantes da reciclagem de garrafas de plástico, este produto reveste o interior de algumas versões do novo Renault ZOE, sendo utilizado nas capas dos bancos, revestimentos do tablier, punhos da alavanca da caixa e interior das portas. Além desta opção cumprir os padrões exigidos pela marca em termos de conforto, limpeza, resistência aos raios UV e durabilidade, tem ainda a importante missão de reduzir as emissões associadas de CO2 em mais de 60%, já que todo o processo de reciclagem se desenvolve sem transformações químicas ou térmicas.

Como Tudo Se Processa

Apoiadas no capítulo técnico e financeiro para este projeto, cabe às empresas Les Filatures du Parc e Adient Fabrics o tratamento destes materiais. Les Filatures du Parc desenvolveu uma nova linha de ‘desfibramento’ industrial, adaptada à robustez e resistência dos cintos de segurança. Após cortadas e retalhadas, estas fibras têxteis dos cintos de segurança são misturadas com as de poliéster presentes em garrafas plásticas, garantindo coesão na mistura, antes de passarem por processos de cardação.

Recorrendo a técnicas de cardação tradicionais (desembaraçar, dividir, esticar, alinhar paralelamente, torcer), obtém-se um novo fio de tecelagem, já limpo de impurezas e sem qualquer recurso a transformações químicas ou térmicas.

Cabe depois à Adient Fabrics, que recebe o fio sob a forma de bobines, tecer e produzir o tecido, estofos e acabamentos interiores para os automóveis.

Além de fibras recicladas, o Grupo Renault está trabalhar na implementação de ciclos curtos para outros materiais, tais como o cobre plástico, platinóides e metais (ferrosos ou não ferrosos).

O novo Renault ZOE também incorpora 17,5 kg de plásticos reciclados, produzidos em polipropileno, alguns deles a serem utilizados pela primeira vez em partes visíveis da zona inferior do o habitáculo.

Texto: Jorge Cabrita – Fotos: Oficiais/Renault

5 Estrelas Para Mazda CX-30

0

O novo Mazda CX-30 foi certificado pela Euro NCAP com 5 estrelas. Esta classificação ocorreu após a mais recente sessão de testes da reputada organização. Com este resultado, o Mazda CX-30 torna-se o terceiro veiculo da ‘casa’ de Hiroshima a receber a classificação máxima dos testes Euro NCAP, juntando-se ao Mazda6 em 2018 e Mazda 3, este ano.

Com bons resultados em todas as quatro categorias – ‘Ocupantes Adultos’ (99%), ‘Ocupantes Crianças’ (86%), ‘Utilizadores Vulneráveis das Estradas’/segurança de peões (80%), ‘Apoio à Segurança’ (77%), o Mazda CX-30 contou com três fatores fundamentais: adoção da mais recente Skyactive Vehicle Architecture, estrutura de baixo peso com elevada rigidez e capacidade de absorção de impactos, vasto leque de tecnologias avançadas de segurança i-Activesense.

“Parabéns à Mazda por mais um resultado quase perfeito no domínio da segurança de ocupantes adultos” , disse Michiel van Ratingen, Secretário Geral da Euro NCAP. “Há ainda vários carros por avaliar em 2019 mas é improvável que possamos ver fazer melhor nesta vertente da avaliação.”

Foto: Oficial/Mazda

MAIS NOTÍCIAS