Dakar: Primeira Vitória na Arábia Saudita Para Pablo Quintanilla

O chileno foi o melhor no dia em que as motos voltaram à prova, após homenagear Paulo Gonçalves.

0
Pablo Quintanilla

O chileno Pablo Quintanilla venceu hoje a sua primeira etapa na visita do Dakar à Arábia Saudita. O piloto da Husqvarna ‘vitaminada’ pela Monster Energy, foi o melhor no dia em que a prova ligou Wadi Al Dawasir a Haradh, num total de 886 quilómetros, 410 deles em especial cronometrada. Quintanilla terminou a etapa com 1m54s de vantagem sobre o australiano Toby Price, na KTM oficial.

Toby Price

O espanhol Joan Barreda terminou na 3ª posição, a 2m42s do vencedor da etapa, sendo o melhor do dia entre os pilotos da Honda. O líder da classificação geral, o americano Ricky Brabec, esteve hoje com um ritmo de gestão, não querendo correr riscos na Honda da Monster Energy, até porque esta era uma especial perigosa, longa e com velocidades muto elevadas. O americano, que há um par de dias atrás viu Kevin Benavides ficar arredado das chances de vitória pela rutura do motor da sua Honda, não quis arriscar, sendo 4º a 3m55s do vencedor.

Ross Branch levou a KTM do Bas Racing Team ao 5º lugar na etapa. Após há uns dias atrás ter tido a fundamental ajuda de Fausto Mota para terminar uma etapa em que a sua KTM deixou de colaborar, o piloto do Botswanna voltou hoje às boas prestações.

Na classificação geral, Ricky Brabec gere 26m43s de vantagem para o chileno Pablo Quintanilla, que por sua vez tem atrás de si Toby Price, a pouco mais de um minuto.

Ignacio Casale Volta a Vencer na Prova dos Quads

Ignacio Casale

Entre os pilotos dos quads, voltámos a ter uma etapa dominada pelos chilenos. O líder da classificação geral, Ignacio Casale impôs-se à concorrência, embora tenha tido que ‘suar’ para garantir três magros segundos de vantagem sobre o compatriota Giovanni Enrico. O checo Tomás Kubiena ficou com a 3ª posição, na frente do chileno Italo Pedemonte e do polaco Arkadiusz Lindner.

Na geral, Ignacio Casale dispõe agora de 44m57s de vantagem sobre o francês Simon Vitse.

Amanhã corre-se a 10ª etapa, que representa também a primeira parte de duas na tirada maratona da prova, ligando Haradh a Shubaytah, composta por uma ligação de 74km e 534 km de especial, os últimos 30 deles em dunas.

Texto: Jorge Cabrita – Fotos: ASO/DPPI (Eric Vargiolu, François Flamand), Red Bull/DPPI (Flavien Duhamel)

Giovanni Enrico

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of