Elfyn Evans ‘Agarra’ Mão Cheia de Segundos Para Liderar no Monte

O galês tem dividido com Sébastien Ogier a vitória nas especiais do Rali de Monte Carlo, liderando por 4.9 segundos.

0
Elfyn Evans/Scott Martin

Elfyn Evans e Sebastien Ogier têm sido o foco de atenção na edição 2020 do Rali de Monte Carlo, prova de abertura de mais uma temporada no FIA World Rally Championship. Concluído que está o terceiro dos quatro dias de prova, apenas 4.9 segundos separam estes dois pilotos da Toyota Gazoo Racing na luta pela liderança. Surpreendente, ou talvez não, quem leva vantagem é o galês, que na sua estreia com o Toyota Yaris, tal como Ogier, tem sido quase perfeito nas difíceis condições em que se têm encontrado a grande parte das especiais até agora disputadas. Hoje, cada um venceu duas especiais, já que se correram quatro.

“Na última curva com gelo na especial, fui um bocadinho otimista e acabei por sair de estrada”, comentava o galês, como que dizendo como era difícil controlar os carros nas especiais com muito gelo e neve, especialmente na derradeira do dia (SS10, SS12). “Decididamente, já gastei as minhas cartas da sorte para o fim de semana, pois sobrevivemos incólumes à valeta.”

Sébastien Ogier/Julien Ingrassia

Tal como ontem, Sebastien Ogier optou por uma toada cautelosa, o que por incrível que pareça acabou por lhe sair caro. “Fui demasiado cauteloso na última especial e acabei por perder demasiado tempo”, disse o francês. “De qualquer forma, a diferença que nos separa é mínima, amanhã basta fazer um simples ‘reset’. Ainda temos as nossas chances de vitória.”

Embora tenham sido os dois pilotos da Toyota a vencer a grande parte das especiais até agora disputadas, a totalidade das do dia de hoje, a verdade é na 3ª posição está outro candidato à vitória. Thierry Neuville passou o dia a tentar manter o seu Hyundai i20 próximo dos carros nipónicos e amanhã sai para a primeira especial a 6.1s do líder.

Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul

“Ainda estamos na luta pela vitória, o que é bastante positivo e gostámos do nosso desempenho no dia de hoje”, disse Thierry Neuville. “Melhorámos nas segundas passagens graças à correção das nossas notas para as zonas com gelo e isso permitiu-nos ir ganhando confiança durante o dia.”

Na 4ª posição está Sébastien Löeb, com o outro Hyundai i20. O francês tem tirado bom partido da sua experiência, embora hoje não tenha evitado bater num banco de neve durante a manhã e fazer um pião à tarde. Está a 2m17.9s de Thierry Neuville e tem 14.9s de vantagem para Esapekka Lappi, o melhor piloto da M-Sport, o único que até agora não tem tido problemas relevantes no Ford Fiesta WRC.

Kalle Rovanpera segue em 6º na sua estreia num WRC, na frente do japonês Takamoto Katsuta, que esta manhã não evitou um pião com o Toyota Yaris.

O Rali de Monte Carlo termina amanhã, com as passagens duplas por La Bollène-Vésubie/Peïra Cava (SS13, SS15) e La Cabanette/Col de Braus (SS14, SS16), que na última passagem é a Power Stage.

Texto: Jorge Cabrita – Fotos: Toyota, Hyundai, M-Sport

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of