Fórmula 2 Introduz Prémio Anthoine Hubert

O anúncio foi feito no Mónaco, durante a entrega de prémios da recém finda temporada e visa eternizar os feitos em pista por parte do malogrado piloto francês. Guanyu Zhou foi o primeiro piloto a receber este prémio.

0

“O Anthoine fará sempre parte da nossa família”, disse Bruno Michel, CEO da FIA Fórmula 2. “Ele juntou-se ao nosso paddock em finais de 2016, nos testes de pós-temporada da GP3 em Abu Dhabi, correndo com muito sucesso no campeonato por dois anos. Foi o nosso último grande campeão de GP3, verdadeiramente merecedor. Na sua estreia na F2, venceu duas corridas, no Mónaco e Le Castellet. Irá permanecer como o único ‘rookie’ a ter conseguido este feito em 2019. Terminou o campeonato em 10º, o que diz muito do seu talento.

Quisemos honrá-lo e garantir que é recordado com distinção no futuro. Como tal, decidimos criar este prémio para atribuir ao ‘rookie’ do ano em cada temporada, um título que tenho a certeza ele teria disputado no fim deste ano”.

Piloto de enorme talento, Anthoine Hubert perdeu a vida este ano, em consequência de um grave acidente na saída da curva do Radillon, durante a Feature Race da etapa de Spa-Francorchamps, na Bélgica. Na sua primeira temporada na Fórmula 2, vindo de uma carreira bem sucedida na GP3, o simpático e talentoso piloto francês impressionou na sua estreia na categoria e teria, com certeza, lutado pela melhor posição dos ‘rookies’ no campeonato, assim como pelos lugares de topo na classificação geral.

Nesta primeira atribuição do Anthoine Hubert Award, o galardoado foi o chinês Guanyu Zhou. Piloto da Renault Driver Academy, Zhou fechou o ano de estreia na Fórmula 2 com cinco presenças no pódio, uma pole position, três colocações na primeira linha da grelha de partida e duas voltas mais rápidas, terminando a temporada em 7º com 140 pontos.

“É para mim uma enorme honra receber uma distinção tão especial, o Anthoine Hubert Award para Rookie do ano”, disse Guanyu Zhou. “Este é um prémio muito especial para mim, que fica sempre na minha memória. Pessoalmente, esta foi uma temporada muito importante, em que conseguimos resultados que nunca esperei fossem possíveis num primeiro ano. Sou muito grato à UNI-Virtuosi Racing por tudo que fizeram este ano, assim como à Renault, que me ajudou a ser um piloto melhor”.
Sobre o malogrado piloto francês, Guanyu Zhou disse, “Desejo o melhor para o Anthoine, esteja ele onde estiver, tentarei que ele tenha orgulho em mim por toda a minha carreira”.

Fotos: Fórmula 2 Media/Joe Portlock

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of