M-Sport Anunciou Pilotos Para 2020 no WRC

Esapekka Lappi é a grande novidade na estrutura liderada por Malcolm Wilson. Com dois nórdicos e um britânico, cabe a Teemu Suninen e Gus Greensmith completar a equipa que inscreve três Ford Fiesta WRC, dois deles na totalidade do campeonato.

0

A M-Sport anunciou a sua equipa para a temporada de 2020 no FIA WRC. A estrutura liderada por Malcolm Wilson contará com Teemu Suninen novamente ao volante dos Ford Fiesta WRC, recebendo ainda a chegada de Esapekka Lappi, em 2019 piloto da Citroën no campeonato. Para algumas provas do calendário, junta-se aos dois finlandeses o britânico Gus Greensmith.

Para a próxima temporada, a aposta sobressai numa equipa bastante jovem, com uma média de idades de 25 anos nos três pilotos e de 30 entre os engenheiros que se dividirão pelos Fiesta que utilizam o motor Ford EcoBoost. O membro menos jovem desta estrutura será Richard Millener, Team Principal com apenas 35 anos.

“Este ano voltamos às nossas raízes de várias maneiras”, disse Malcolm Wilson, Diretor Executivo da M-Sport. “Apostamos numa equipa muito jovem e damos as boas vindas a duas duplas de finlandeses. No passado, tivemos excelentes resultados com Marcus (Gronholm), Mikko (Hirvonen) e Jari-Matti (Latvala) e mal posso esperar pelo desmpenho desta nova geração de ‘finlandeses voadores’. A equipa é toda ela bastante jovem, mas tem experiência e a ambição de chegar longe, estou ansioso por ver o que nos trazem em 2020.”

Esapekka Lappi terá a responsabilidade de ser o piloto principal da M-Sport este ano. O finlandês terminou na segunda posição em três das provas do campeonato em 2019 e terá a sua estreia como primeiro pilolto numa equipa oficial este ano. Estará acompanhado do seu co-piloto habitual, Janne Ferm.
“Estou bastante ansioso por esta nova aventura e expectante sobre o que poderemos conseguir”, disse Esapekka Lappi. “Na M-Sport vive-se verdadeira paixão pelos ralis e relativamente ao meu lugar, houve vários pilotos disponíveis para ele, pelo que só tenho a agradecer a confiança depositada em mim. Vamos testar ainda durante esta semana, na minha primeira oportunidade para conhecer este carro.”
Teemu Suninen entra em 2020 na sua segunda temporada consecutiva como piloto oficial M-Sport. Novamente acompanhado por Jarmo Lehtinen, o finlandês irá tentar dar sequência aos bons resultados que já assegurou desde que se estreou, em 2017, ao volante de um carro de WRC. Em 2018, Suninen subiu uma vez ao pódio, enquanto que o ano passado chegou a liderar uma das etapas do calendário.
“Estou muito grato ao Malcolm e à equipa por continuarem a acreditar em mim”, disse o finlandês. “O ano passado aprendi que para conseguir resultados de topo é necessário dar sempre o meu máximo, em todas as etapas do calendário. Espero conseguir isso este ano. É também fantástico poder estar na mesma equipa que o Esapekka, de quem sou fá desde criança. Quando muito jovem comecei a competir no karting, ele era da minha equipa e o Campeão. Três anos mais tarde consegui também vencer o campeonato e agora estamos na mesma equipa.”
Gus Greensmith é o terceiro piloto da M-Sport no WRC este ano. Embora com um programa mais reduzido, contemplando apenas nove presenças em etapas do calendário, o jovem britânico reconhece esta enorme oportunidade da estrutura liderada por Malcolm Wilson.
“Toda a minha vida esperei por esta oportunidade e agora ela chegou”, disse Gus Greensmith. “Fui progredindo através da iniciativa da M-Sport, ‘Ladder of Opportunity’, com o R1, R2, R5 e agora chego ao WRC. Devo muito a toda a gente na M-Sport, por me ajudarem a evoluir como piloto, embora tenha ainda muito pra aprender. Esta pré-temporada, tenho evoluído muito a minha forma física e acredito que vou estar rápido ao volante do Fiesta World Rally Car já a partir da primeira prova.”

Fotos: Oficiais/M-Sport e Red Bull

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of