Sébastien Ogier Líder no Monte Carlo em Prova Dominada Pelos Toyota

O francês vai para já levando a melhor sobre o companheiro de equipa Elfyn Evans, na luta pela vitória numa prova em que os Yaris estão a ditar a lei.

0
Sébastien Ogier/Julien Ingrassia

Já terminou o segundo dia do Rali de Monte Carlo e para já a Toyota leva clara vantagem sobre a concorrência, após oito especiais de classificação já disputadas. A luta pela liderança da prova dividiu-se no dia de ontem por dois pilotos da marca nipónica, Sébastien Ogier e Elfyn Evans, para já separados por apenas 1.2 segundos.

Das seis especiais realizadas no dia de ontem, Elfyn Evans venceu quatro, mostrando estar já bem adaptado ao Toyota Yaris. O galês foi na realidade o piloto em evidência durante o dia, embora Sébastien Ogier nunca o tenha deixado acumular vantagem. Com a vitória na derradeira especial do dia, o francês colocou-se no topo da classificação.

“Esta manhã fui bastante cauteloso, pois estava a receber indicações da minha equipa nos troços, que me chamavam a atenção para que tivesse cuidado”, disse Sebastien Ogier. “Para a tarde, fizemos alterações no setup do carro e depois de falarmos de novo com o nosso pessoal nas especiais ficámos bastante mais confortáveis.”

Elfyn Evans/Scott Martin

Na Hyundai, Thierry Neuville é aquele que para já vai tendo melhor desempenho. O belga terminou a sexta-feira como líder da prova e ontem teve um bom começo, vencendo a primeira especial (SS3). No entanto, a partir daí, mais não pôde fazer que acompanhar à distância os Toyota de Ogier e Evans. Neuville começa o dia de hoje na 3ª posição, a 5.2s do líder.

Nas hostes da Hyundai, o dia de ontem ficou marcado pelo arrepiante acidente que envolveu o atual campeão do mundo de ralis, Ott Tänak. À saída de uma esquerda rápida na primeira passagem por Saint-Clément/Freissiniéres (SS4), o estónio navegado por Martin Järveoja perdeu o controlo do Hyundai i20, saindo a alta velocidade para uma vala. Capotando várias vezes, de forma arrepiante, o Hyundai i20 acabou por se imobilizar na estrada bastantes metros mais abaixo. Por incrível que pareça, o habitáculo do carro resistiu à violência dos impactos, acabando os dois pilotos por sair ilesos, embora tenham passado a noite no hospital por precaução.

“A nossa prioridade neste tipo de situações é sempre cuidar do piloto e navegador”, disse Andrea Adamo, Team Principal da Hyundai Motorsport WRT. “É o procedimento habitual depois de acidentes como este que os pilotos façam um ‘check-up’ no hospital.”

Sébastien Löeb segue no 4º lugar, com o outro Hyundai i20 oficial. O francês, nove vezes campeão do mundo de ralis, está a 47,5s de Neuville, mas tem 48,5 de vantagem sobre Esapekka Lappi, o melhor dos pilotos da Ford na prova. Lappi podia estar melhor, mas uma ligeira saída de estrada numa das especiais do dia acabou por sacrificar uma maior proximidade para com a concorrência.

Na sexta posição, seguindo a sua aprendizagem aos WRC, Kalle Rovanpera vem fazendo uma prova consistente no Toyota Yaris oficial. O finlandês, de apenas 19 anos, está a 22s de Esapekka Lappi e tem atrás de si o japonês Takamoto Katsuta, este também num Toyota Yaris oficial.

No dia de hoje disputam-se quatro especiais, com duas passagens por St-Léger-les-Mélèzes/La Bâtie-Neuve e La Bréole-Selonnet.

Texto: Jorge Cabrita – Fotos: Toyota, Hyundai, M-Sport

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of