Toyota Investe em Cidade Protótipo do Futuro

A Toyota levou ao CES em Las Vegas a sua idea de uma cidade protótipo do futuro, na base do Monte Fuji.

0

A Toyota levou ao Consumer Electronics Show (CES) de Las Vegas a sua abordagem e interpretação de uma cidade com os olhos postos na mobilidade. Esta cidade protótipo do futuro, terá como local a base do Monte Fuji, no Japão, numa área com mais de 700 hectares.

A ‘Woven City’ é um ecossistema totalmente conetado, com energia fornecida por pilha de combustível a hidrogénio, funcionando como um laboratório vivo, servindo de ‘lar’ a residentes e investigadores, que podem desenvolver para o mundo real tecnologias avançadas tais como: condução autónoma, robótica, mobilidade pessoal, casas inteligentes e inteligência artificial (AI).

“Construir uma cidade completa desde o início, mesmo em pequena escala como esta, é uma oportunidade única para desenvolver tecnologias futuras, incluindo um sistema operacional digital para a infraestrutura da cidade”, disse Akyo Toyoda, Presidente da Toyota Motor Corporation. “Com pessoas, prédios e veículos conectados que comunicam através da troca de dados e sensores, poderemos testar a tecnologia conectada com IA… tanto no mundo virtual, como no físico… maximizando o seu potencial.”

Para este projeto, a Toyota contratou o arquiteto dinamarquês, Bjarke Ingels, Diretor Executivo no grupo com o mesmo nome, encarregue de obras de dimensão mundial, como o World Trade Center 2 (Nova Iorque), o LEGO House (sede da LEGO na Dinamarca), ou o Google Montain View (sede da Google em Londres). Além do Bjarke Ingels Group, a Toyota planeia convidar outros parceiros comerciais e académicos, além de cientistas e investigadores em todo o mundo, interessados em desenvolver projetos para esta ‘incubadora do mundo real’.

“Damos as boas-vindas a todos aqueles inspirados em melhorar a maneira como vivemos no futuro, a aproveitar este ecossistema único de pesquisa e a juntar-se a nós na nossa busca para criar um estilo de vida e mobilidade cada vez melhor para todos”, disse Akyo Toyoda durante a apresentação do projeto em Las Vegas.

A cidade está pensada para ser totalmente sustentável, com edifícios produzidos principalmente em madeira, para minimizar a pegada de carbono. Os telhados são cobertos por paineis fotovoltaicos, aproveitando a energia solar, além daquela que é gerada por pilha de combustível a hidrogénio. As habitações estarão equipadas com as mais recentes tecnologias de apoio humano, como a robótica doméstica para ajudar na vida quotidiana. As casas utilizarão Inteligência Artificial, baseando-se em sensores para verificar a saúde dos ocupantes e cuidar das suas necessidades básicas no dia a dia.

Na cidade, os moradores deslocam-se nas principais vias em veículos totalmente autónomos (zero emissões). Como é óbvio, os veículos são os Toyota e-Palette, usados para transporte, entregas e em comércio móvel mutável.

A Toyota acredita no incentivo da ligação e interação humana, tendo projetado as praças e a grande praceta central da cidade para serem pontos de reunião social e da comunidade., planeando atrair para a Woven City colaboradores e as suas famílias, casais aposentados, comerciantes, cientistas visitantes e parceiros do setor. O plano inicial é a Woven City ser habitada por 2000 pessoas.

O plano diretor desta cidade irá incluir três tipos de ruas: veículos mais rápidos, mistura de velocidade mais baixa, mobilidade pessoal e peões, com a inclusão de um passeio ‘promenade’.

A cerimónia de arranque desta impactante obra está agendada para o início de 2021.

Fotos e Video: Toyota

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of