Valtteri Bottas

Depois de um dia de descanso para os pilotos e equipas que correram no passado fim de semana a derradeira etapa do mundial de Fórmula 1, no Yas Marina Circuit de Abu Dhabi, hoje os motores voltaram a fazer-se ouvir no traçado árabe. Com a Pirelli a querer testar pneus para a próxima temporada, decorreu o primeiro de dois dias de testes com praticamente todas as equipas presentes.

Na pista os pilotos rodaram com as misturas C3 (amarelo), C4 e C5 (vermelho) deste ano e as que serão utilizadas em 2020, tendo sido Valtteri Bottas o mais rápido. O finlandês da Mercedes registou a melhor volta em 1m37.124, deixando Sebastian Vettel na posição, com o alemão da Ferrari a não fazer melhor que 1m37.991.

A Mercedes colocou o foco em ‘stints’ longos na pista, com Vallteri Bottas a totalizar 766.452 quilómetros ao volante do W10 EQ, o equivalente a duas corridas seguidas. Com as misturas deste ano e do próximo disponíveis, já foi possivel fazer algumas comparações sobre o que pode mudar em 2020.

“O dia de hoje foi bastante produtivo, fizemos mais de 750 quilómetros”, disse Valtteri Bottas. “Estivemos a conhecer melhor os pneus de 2020 e como diferem dos que utilizámos este ano. Reunimos uma série de dados para a equipa analisar nas próximas semanas. Ainda tenho alguns compromissos até finalmente ir de férias mas quando for sentir-me-ei bastante bem pelo trabalho efetuado este ano. Antes ainda há mais um dia de testes com este carro”.

Texto: Jorge Cabrita – Fotos: Mercedes

Leave a Reply

avatar
  Subscribe  
Notify of